segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Missionários da Luz - Capitulo 4 - Vampirismo

1) O que seria vampirismo?
Ação pela qual Espíritos involuídos, arraigados ás paixões, se imantam á organização psicofísica dos encarnados e desencarnados, sugando-lhes a substancia vital. Constitui inquietante fenômeno de parasitose mental.

2) De que forma ele se dá?
Devemos considerar igualmente fatores externos e internos, porém na esfera da alma, os primeiros dependem dos segundos, porquanto não há influenciação exterior, quando a própria criatura não se deprime. Toda a forma de vampirismo está vinculada a mente deficitária, ociosa e inerte, que se rende, desajustada, ás sugestões inferiores que a exploram sem defensiva.

3) Como podemos evitar a vampirização?
Senhor:- ensina-nos a respeitar a força do direito alheio na estrada do nosso dever. Ante os atropelos do caminho, recorda-nos de que no supremo sacrifício da Cruz, entre o escárnio da multidão e o desprezo da Lei, erigiste um monumento a justiça, na grandeza do amor. Ajuda-nos, a esquecer todo o mal. cultivando a árvore generosa do perdão. Estimula-nos a claridade do bem sem limites, para que o nosso entusiasmo na fé não seja igual a ligeiro meteoro riscando o céu de nossas esperanças, para apagar-se depois. Concede-nos a felicidade ímpar de caminhar na trilha do auxílio porque, só aí, através do socorro aos nossos irmãos, aprenderemos a cultivar a própria felicidade. Tu que nos ensinaste sem palavras no testemunho glorioso da crucificação, ajuda-nos a desculpar incessantemente, trabalhando dentro de nós mesmos pela transformação do nosso espírito, na sucessão do tempo, dia-a-dia, noite a noite, a fim e que, lapidado, possamos apresentá-lo a Ti no termo da nossa jornada. Ajuda-nos, Divino Companheiro, a pisar em espinhos sem reclamação, vencendo as dificuldades sem queixas, e vivendo nobremente. Senhor Jesus, ensina-nos a perdoar, ajudando-nos a esquecer todo o mal, para sermos dignos de Ti!

4) Todos nós estamos sujeitos a ela?
Sim, por isso a necessidade de estarmos sempre a vigiar e orar, estudar e trabalhar, a fim de que possamos manter nosso padrão vibratório em nível diferenciado com os dos Espíritos ainda não evoluídos.

5) Pode vir o vampirismo ser um influenciador do suicídio? Por que?
Sim, pode ser influenciador do suicídio, consciente e inconsciente, posto que todo excesso, o qual se dá no caso em relaçao aos vícios, é prejudicial ao nosso vaso corpóreo físico.

6) Qual a consequência espiritual do vampirismo?
O vampirismo, seja de que natureza for, é uma das formas por que se expressa o processo obsessivo, que é a influência que um espírito, encarnado ou desencarnado, exerce sobre outro, que também pode estar encarnado ou desencarnado, em graus variados, que vão desde a perturbação até a subjugação, introduzindo-lhe na mente, através do pensamento, idéias estranhas, que, geralmente, o levam a sofrimentos físicos ou psíquicos. A vampirização é a absorção, por parte do obsessor, das emanações fluídicas do obsediado. Os casos mais comuns são aqueles em que espíritos ainda persistentes nos vícios e nas baixas paixões, que mantinham quando na vida física, sintonizam-se com encarnados que mantêm os mesmos hábitos e sentimentos, sugando-lhes as emanações fluídicas emanadas dessas práticas. Muito freqüentemente, ocorre com pessoas que tem o hábito do fumo, do álcool ou outros tipos de drogas e do sexo desregrado. Destas pessoas emanam energias que são usadas por esses espíritos, igualmente viciados, que delas se utilizam para a satisfação de suas necessidades. Servem, essas pessoas, como intermediárias a esses espíritos.

7) Como se dá o vampirismo no momento do desencarne?
Desencarnação de Fernando, André Luiz informa... está absolutamente preso às sensações de sofrimento físico... esteve ligado às satisfações do corpo... nota-se grandes lacunas na expressão mental do moribundo... vemos que atravessou a vida humana obedecendo mais ao instinto que à razão... observa-se nas células complexos de indisciplina... reparei que três rostos horríveis surgiram... de repente: - Como é? Fernando vem ou não vem?... cada criatura, na vida, cultiva as afeições que prefere. Fernando estimava os companheiros desregrados. Não é de se estranhar que tenham vindo esperá-lo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário