segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Missionários da Luz - Capítulo 13 - Reencarnação

1) A reencarnação pode atender a vários tipos de necessidade. No caso de Segismundo, qual delas podemos identificar?
Resgate e ajuste entre espíritos desafetos. Segismundo iria reencarnar como filho de Adelino, que matara no passado, e de Raquel, motivo de seu ato. Na erraticidade, demonstrou arrependimento e dedicou-se ao trabalho com as equipes de auxílio espiritual, tendo, em conseqüência a expiação pelo crime atenuada. Assim a nova existência servira para se harmonizar com suas vítimas do passado.

2) O estado mental dos futuros pais e o seu nível evolutivo exercem influência no processo reencarnatório?
Sim, foi necessário todo um trabalho de intercessão para melhorar a condição espiritual de Adelino, que se recusava a honrar o compromisso assumido e receber o antigo desafeto como filho. No ato de união com a futura mãe, o espírito precisa encontrar um ambiente espiritual de amor e receptividade, caso contrário, além de dificultar a reencarnação, entidades de baixa evolução podem perturbar o ato e causar danos. Esclareceu, ainda, Alexandre que os moldes mentais da mãe exercem influência na formação do futuro corpo.

3) Qual deve ser o papel do sexo na vida do espírito encarnado?
Faz parte das necessidades da vida na matéria. Porém, a sua prática deve objetivar sempre um propósito elevado, obedecendo as leis do bem e da ordem. Não deve ser transformado unicamente em objeto de prazer. Deve ser visto como uma troca de energia e ter como motivação unicamente o amor em seu sentido espiritual. O uso abusivo do sexo através da pornografia, erotização, vivência emocional do prazer sem o sentimento afetivo, é um dos grandes "carmas" individuais da maioria das criaturas, encarnadas ou desencarnadas.

4) Qual a importância do perispírito na reencarnação? Como ele influi na formação do futuro corpo?
O perispírito funciona como uma forma de bolo que servirá de molde ao novo corpo. Nele esta gravado a memória do espírito, o que nele foi imprimido influenciará na formação do futuro corpo. Boas ações, bons pensamentos, tornam o perispirito menos denso e mais etéreo, formação de um corpo mais saudável, más atitudes e maus pensamentos gravam no perispírito suas conseqüências, danificando-o, o que poderá gerar um corpo doente ou defeituoso.

5) O espírito reencarnante participa sempre do ato reencarnatório?
Nem sempre, há casos em que o espírito sequer tem consciência do que está acontecendo e reencarna compulsoriamente. Quando já possui alguma conquista evolutiva e se preparou para a reencarnação, como no caso em questão, o espírito tem participação consciente e ativa em todo o processo.

6) O que acontece ao espírito no momento de sua ligação material à mãe?
Desde o momento em que se une fluidicamente à mãe, o espírito começa a passar por um estado de perturbação, que vai aumentando à medida que os laços fluídicos vão se estreitando. No momento em que se dá a ligação material, como relata André Luiz, o espírito vai ficando menos lúcido, perdendo a consciência e, retomando o perispírito a sua plasticidade, sua forma vai adquirindo à de uma criança, ocorre também o esquecimento temporário do passado.

7) O corpo físico do reencarnante é resultado das condições de hereditariedade ou de suas ações no passado?
Segundo Alexandre, o novo organismo provém do corpo dos pais, que lhes criam os caracteres com o próprio sangue, tais como tipo sangüíneo, cor da pele, dos olhos, estatura, etc. Porém, as ações no passado, refletidas em seu perispírito, influenciam na formação do novo corpo. São elas que possibilitarão formação de corpos destinados ao cumprimento de expiações. Quanto às tendências de comportamento, o espírito mantém as que possui. Se estima tendências inferiores, desenvolverá, fracassando, se, ao contrário, torna à vida corporal disposto ao trabalho no bem, triunfará em condições adversas.

8) O novo corpo guarda semelhança com o anterior e com o utilizado na erraticidade?
Não, em geral é só utilizada enquanto na erraticidade. Esse novo corpo dependerá das circunstâncias de hereditariedade e de seu perispírito, que registra as conseqüências de suas ações no passado. É um novo corpo, resultante de novas condições, que nada tem a ver com o anterior.

9) Pelo que explicou Alexandre, podemos concluir que o nosso destino é traçado no momento em que se decide a reencarnação?
Sim. Nem tudo, porém, é previsto. Objetivando a nova encarnação a evolução do espírito através do aprendizado, a nova existência sofrerá as condições necessárias a essas finalidades educativas. Assim, estarão programados o meio em que o espírito reencarnará, o gênero de provas por que terá de passar e as eventuais expiações a que se submeterá. É traçado um programa de tarefas a ser cumprido. Do cumprimento desse programa depende o êxito da nova encarnação. No mais, o espírito terá liberdade de agir, o livre arbítrio.

10) De tudo o que nos foi relatado, que tipo de atuação têm os mentores espirituais no processo reencarnatório?
Esse capítulo nos revela, com riqueza de detalhes, como é decisiva a atuação dos benfeitores no processo reencarnatório. Vimos que sua atuação se inicia com a confecção do mapa físico do futuro corpo, onde são previstas a conformação física, eventuais deficiências orgânicas, defeitos físicos e outras circunstâncias relevantes, tudo atendendo às necessidades educativas da nova existência. Em seguida, os mentores espirituais atuam na preparação do estado mental do reencarnante e de seus futuros pais, cuja influencia na formação do novo corpo tem grande importância. Superada essas etapas, fazem o trabalho de aproximação entre o espírito que retorna e seus futuros pais, depois, ao trabalho de magnetização do perispírito do reencarnante, visando reduzí-lo à forma de uma criança. O ato seguinte é a ligação material do reencarnante com a futura mãe. Por fim, esses benfeitores trabalham numa verdadeira ação cirúrgica, com o objetivo de selecionar o elemento sexual masculino adequado e encaminhá-lo ao óvulo materno. Como se vê, o nascimento do novo ser, que aparenta ser algo tão simples, é o resultado de um valioso trabalho desenvolvido na espiritualidade por essa equipe de Espíritos benfeitores, emissários do Cristo.
Andre Luiz

Nenhum comentário:

Postar um comentário